A festa está chegando: que tal sair do óbvio?

Todo ano é uma conquista, mais uma fase é superada e aquele momento especial de comemorar mais um ano de vida precisa ser eternizado (e não estou falando de fotos). Vai dizer que você não gosta de ver a felicidade do seu filho ou filha às vésperas da sua festa? Minha mãe conta que eu chegava a ficar com febre, ansioso, uma mistura de felicidade e vontade de brincar sem parar. Ela lembrou bem recentemente: “Mais importante que a chegada é o caminhar”, por isso trago algumas experiências para você pensar na próxima festa dos seus filhos (ou netos!).

Já fotografei muitos aniversários infantis e cada ano que passa (além de ver as crianças ficando maiores que eu, e isso não é difícil, rs) vejo que as festas se tornaram mais interativas, mais ao ar livre, mais alegres e com os pais curtindo muito a festa com seus filhos e convidados. Isso me deixa feliz, acredito que a essência deste momento é comemorar; da sua maneira e com cada vez mais criatividade na organização da festa. Para mim faz parte do presente que eu ganhava dos meus pais, a minha festa.

Os espaços para festas (buffets) têm sua vantagem: você encontra tudo num só lugar, as opções e adicionais são fáceis de escolher e você combina tudo com uma pessoa só. Mesmo com essa facilidade toda já presenciei situações um tanto quanto frustrantes para pais e filhos, muitas vezes o que você espera (e contratou) não é entregue da maneira que foi apresentado no dia em que você fechou a data da festa. Tudo bem, essas coisas acontecem mesmo. Lembre-se de se certificar da reputação do lugar antes de fechar a festa, claro.

Depois de muitos anos fotografando aniversários infantis posso dizer com segurança: organizar uma festa por si só, ao invés de contratar um espaço de festas, pode dar um pouco mais de trabalho, mas é infinitamente mais gratificante. Acho que eu ficava muito mais contente quando via o esforço que meus pais faziam para pensar na festa, eu os admirava ainda mais. É, vai dar um pouco mais de trabalho, mas quando falo de mais trabalho é que ao invés de um fornecedor você vai ter mais de um dependendo só da sua criatividade e do tamanho da festa que você quer. Ah, mas tem um facilitador: algumas bandeiras de cartão de crédito oferecem um serviço gratuito de concierge, uma pessoa fará todas as cotações e contratos por você, então você não vai ter todo esse trabalho.

Listei algumas festas que já fotografei para você ver que aniversário apenas em espaços de festas ou ambientes fechados não é mais o único caminho:

  • Festa do Pijama: é isso mesmo, na sua casa e com um número limitado de amiguinhas ou amiguinhos do seu filho. Geralmente as meninas gostam mais de fazer uma festa exclusiva e “secreta”.
  • Carnaval: lembra aqueles bailes nos clubes ou na rua? É igual e muito fácil de organizar. Vai ser mais divertido ainda com pais e filhos fantasiados.
  • Balada: as meninas curtem mais ainda quando tem um DJ e luzes no salão.
  • Halloween: aqui até os pais decidiram se fantasiar. Claro que não era obrigatório, mas as fantasias das crianças e dos adultos me surpreenderam. A decoração então… era pirulito com formato de olho, sucos com nomes de poções, brincadeiras típicas de um halloween e um show de mágica para acalmar as crianças antes do parabéns.
  • Pic-nic: alguns parques (conheço a opção do Burle Marx) alugam áreas para realização de festas, mas você não precisa reservar horário nem espaço em grande parte dos parques que tem na sua cidade. É só torcer por sol e tempo bom e visitar o lugar antes para ver o movimento, escolher uma sombra e marcar o lugar da festa.
  • Festa na piscina: qual criança que não gosta de uma piscina? Acho que com as últimas ondas de calor até os pais querem uma festa dessas.
  • Um dia no sítio: vai ter espaço ao ar livre de sobra para todos curtirem, ainda mais se o lugar tiver animais e uma plantação.
  • Zoológico: sim, dá pra levar um mini-zoo para sua casa. Existem empresas especializadas para levar os bichos (e répteis) para uma aula sobre animais, como eles vivem, o que comem… As crianças ficam espantadas quando o tratador pede para elas interagirem com os bichos.
  • Dia de beleza: pode ser em um salão de beleza ou você pode montar um mini salão na sua casa. Nessa festa as meninas curtiram uma balada logo depois (no salão de festas mesmo).


Halloween da Ava

Dia de beleza das meninas

Festa do pijama

Festa do pijama

Balada das meninas

Balada das meninas

Festa na piscina

Festa na piscina

Festa na piscina

Zoo

Zoo

Zoo

Independente do tamanho, o que eu acho que não pode faltar:

  • Convite: tudo é digital hoje, tem sites e aplicativos que fazem isso de forma primorosa e muito rápida.
  • Lugar: é só escolher algum da lista acima ou inventar qualquer outro. Ainda não fotografei nenhum aniversário na praia, o que acha?
  • Bolo: desde cozinhar com seus filhos até encomendar um bolo daquela confeitaria maravilhosa, vale.
  • Decoração: pode ser a mais simples até a mais mirabolante, os convidados podem participar.
  • Animação: vale a pena pensar em monitores de acordo com a quantidade de crianças e adultos, assim você fica livre para curtir.
  • Alimentação: as empresas especializadas já estão acostumadas a servir (e propor pratos) de acordo com o local e com o tema, converse com eles, podem surgir boas ideias.
  • Fotografia: jura que depois de organizar tudo num lugar maravilhoso você vai ficar tirando as fotos ao invés de curtir a festa? Pode ter certeza que eu vou te ajudar e farei isso com muito amor. Nada melhor do que daqui a 20 anos, chamar as suas eternas crianças para passar uma tarde de Domingo juntos e mostrar como aquele dia foi especial.


Using Format